São Paulo começa a imunizar profissionais de segurança pública nesta segunda (5)
Foto: Governo de São Paulo
São Paulo começa a imunizar profissionais de segurança pública nesta segunda (5)

A tenente da Polícia Militar Rosemeire Santos de Miranda, com mais de 20 anos de corporação, foi a primeira policial a receber a vacina contra a Covid-19  no estado de São Paulo.

Nesta segunda-feira (5), o estado começou a vacinar todos  os profissionais de segurança pública. A expectativa é a de vacinar 180 mil agentes até a metade de abril.

"É uma honra ser a primeira policial vacinada, representando todas as forças de segurança, que estão no combate, na linha de frente da pandemia. É uma honra, e aproveito para agradecer o reconhecimento da população com a Polícia Militar, que está aí para defendê-la. A população toda está sofrendo, nós também, mas amos continuar trabalhando e, com certeza, vamos vencer essa pandemia", declarou Rosemeire Santos de Miranda ao G1.

O início da imunização da categoria contou com a presença do governador João Doria (PSDB). "A partir de hoje, começam a ser vacinados 180 mil profissionais de segurança em todo o Estado de São Paulo. São profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, Guardas Civis Metropolitanos, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e da Fundação Casa. Em 10 dias, praticamente todos desta população dos profissionais de segurança estarão vacinados", disse Doria.

De acordo com a gestão estadual, a vacinação é exclusiva aos profissionais da ativa das instituições, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde, como gestantes, lactantes, ter tido a Covid-19 há 30 dias ou menos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários