Caixas contendo a vacina Moderna Covid-19 estão em uma geladeira na Augusta University, na Geórgia
Michael Holahan/Divulgação
Caixas contendo a vacina Moderna Covid-19 estão em uma geladeira na Augusta University, na Geórgia


A Moderna anunciou, nesta quinta-feira (10), que solicitou que sua vacina seja autorizada para uso emergencial nos Estados Unidos em adolescentes. Segundo informações da AFP, o pedido foi feito para o FDA, agência reguladora do país. 

Na segunda, a  empresa já havia feito o mesmo pedido às autoridades reguladoras do Canadá e União Europeia. Por hora, a vacina do laboratório está autorizada apenas para a aplicação em pessoas com mais de 18 anos.

Assim como a vacina da Pfizer, que foi a primeira a receber a autorização para ser aplicada em pessoas a partir de 12 anos, a da Moderna também teve eficácia de 100% entre adolescentes.

Segundo resultados de estudo divulgados em maio, a aplicação do imunizante é segura e eficaz nessa faixa etária. Para chegar à conclusão, participaram da pesquisa 3.700 adolescentes entre 12 e 17 anos e nenhum caso da doença, com dois ou mais sintomas, foi observado nos participantes que receberam as duas doses. Os efeitos colaterais mais comuns após a segunda dose foram dor de cabeça, fadiga, dores corporais e calafrios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários