Tamanho do texto

Jack Wells, de 23 anos, tem sarcoma de Ewing, um tipo raro de câncer nos ossos que geralmente é visto em crianças

Britânico Jack Wells está fazendo quimioterapia para tentar controlar um tipo raro de câncer. Aos 23 anos, ele descobriu que a dor no ombro, que a princípio foi diagnosticada como muscular, era sarcoma de Ewding, um câncer nos ossos que geralmente aparece em crianças. Agora, sem saber quanto tempo ainda tem de vida, Jack prepara um livro com fotos e cartas para filha Scarlett, de dois anos. As informações são do jornal britânico "Daily Mail". 

Jack Wells e a pequena Scarlett
Reprodução/Daily Mail
Jack Wells e a pequena Scarlett


Começo das dores

Jack contou à publicação que as dores no ombro começaram há dois anos. Como ele frequentava academia regularmente e trabalha na manutenção de um prédio, carregando peso, pensou que a dor era algum problema muscular. 

Ele foi ao médico, que confirmou que era uma distensão muscular ou uma inflamação no nervo, e receitou analgésicos. Mas o quadro só se agravou e ele consultou outros médicos. O braço de Jack chegou a ficar paralisado e, nove meses depois, ele teve de chamar duas vezes ambulâncias de tanta dor. 

"Meu corpo travou e não conseguia me mexer de tanta dor. A dor era realmente horrível e é até difícil de explicar", disse Jack ao jornal, que passou um ano a base de remédios para tentar amenizar a dor. 

Caroço no braço

Jack faz quimioterapia para tentar controlar o câncer
Reprodução/Daily Mail
Jack faz quimioterapia para tentar controlar o câncer

Em janeiro, Jack foi demitido do emprego e, um mês depois, a mãe dele notou um grande caroço embaixo de seu braço direito. Ele foi a novos médicos e, depois de diversos exames e mais espera, descobriu que podia ter um linfoma (câncer no sistema linfático) ou sarcoma (câncer nos ossos). 

O câncer, segundo os médicos, já se espalhou para pulmão, coluna e braço de Jack e não tem mais cura. O britânico decidiu se submeter a sessões de quimioterapia para tentar prolongar seu tempo de vida e ficar mais ao lado de Scarlett, sua filha de dois anos. 

Câncer diagnosticado

Após mais exames, Jack foi diagnosticado com sarcoma de Edwing. Mas o câncer já havia se espalhado por braço, coluna e pulmão e é incurável. Os médicos não sabem quanto tempo o britânico ainda tem de vida. 

Livro para a filha

Jack ainda contou ao "Daily Mail" que só pensou na filha Scarlett, de 2 anos, quando recebeu o diagnóstico. "Foi como ter a pior das gripes. Os efeitos colaterais são horríveis. Perdi meu cabelo, sinto como se sempre estivesse doente, cansado e não quero fazer nada", afirmou.  

Jack registra momentos com a filha e prepara um livro para deixar para Scarlett
Reprodução/Daily Mail
Jack registra momentos com a filha e prepara um livro para deixar para Scarlett


Ele decidiu se submeter a quimioterapia para tentar ter mais tempo a lado da pequena Scarlett. Por enquanto, os médicos falam que o câncer de Jack está controlado e ele tenta ter uma vida normal ao lado da filha. Mas se preocupa com o futuro. O pai de Scarlett quer deixar para a criança um livro com fotos de seus momentos juntos e cartas. 

"Quero que minha filha tenha alguma coisa para guardar e ver o quanto foi amada. Acho que esse éo jeito perfeito para que ela tenha memórias de nós juntos. Eu não sei quanto tempo ainda tenho e espero que esse livro ajude a Scarlett a entender tudo isso", comentou Jack. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.