Tamanho do texto

Com apenas 18 anos, Olivia Key foi diagnosticada com tumor de ovário e precisou passar por cirurgia de urgência

Fazer os exames periódicos com um médico de confiança é importante. O exemplo disso é Olivia Key, uma britânica de apenas 18 anos que chegou ao hospital com dores terríveis no estômago. Os médicos pensaram que ela estava grávida de oito meses, mas nos exames o resultado mostrou um tumor no ovário esquerdo pesando mais do que um recém-nascido. 

Olivia parecia estar grávida, mas era um tumor no ovário
Reprodução/Daily Mail
Olivia parecia estar grávida, mas era um tumor no ovário

Quando os médicos conseguiram remover o cisto, eles se assustaram com o tamanho: era tão grande quanto uma melancia. Depois da cirurgia, Olivia Key recebeu a notícia de que o câncer no ovário não vai retornar. "Foi um dos melhores momentos da minha vida", disse. As informações são do jornal DailyMail. 

Olivia disse que notou que o estômago estava inchando em 2013, mas achou que era apenas a forma do corpo que estava mudando. 

"Eu não havia percebido até começar a ter dores excruciantes no meu estômago e perceber que eu tinha que fazer um check-up. Eu não consegui sair da cama por dias", contou a garota. 

Tumor tinha o tamanho de um recém-nascido
Reprodução/Daily Mail
Tumor tinha o tamanho de um recém-nascido

"Quando os médicos viram os exames, eles disseram 'uau!'. Eles ficaram realmente horrorizados com o tamanho", contou ela. "Todo mundo ficou assustado sobre o que eu pude ter dentro da minha barriga. Meu estômago estava grande a ponto de muita gente pensar que eu estava grávida". 

Antes de ter o tumor de ovário diagnosticado, Olivia passou por exames de sangue, de urina e de gravidez. Além disso, médicos desconfiavam que ela podia estar com apendicite. 

"Quando eu descobri que era câncer, eu fiquei chocada. Eu nunca pensei que poderia ter algo tão ameaçador aos 17 anos", disse. "Felizmente, os cirurgiões conseguiram retirar o tumor antes que ele se espalhasse". 

Olivia notou que sua barriga estava inchando, mas achou que eram mudanças naturais do corpo
Reprodução/Daily Mail
Olivia notou que sua barriga estava inchando, mas achou que eram mudanças naturais do corpo

Mais de sete mil mulheres são diagnosticadas com câncer de ovário no Reino Unido. No Brasil, o Inca estima que haverá seis mil novos casos em 2016. 

Sangramentos irregulares, vontade frequente de urinar, dor pélvica e sensação de empachamento depois de comer são alguns dos sintomas do câncer de ovário. De difícil diagnóstico, o câncer de ovário chega a matar 50% das mulheres, pela descoberta já ser dada em estado avançado. 

Visitar um médico quando notar algo diferente no corpo ou algum sintoma é o melhor caminho para diagnosticar e tratar qualquer doença precocemente.

Leia mais sobre saúde

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.