Alimentação

enhanced by Google
 

Você conhece farinha de coco?

Ela ajuda a emagrecer, estimula o intestino preguiçoso e ainda combate o diabetes e o colesterol alto

Thaís Manarini, especial para o iG São Paulo

Compartilhar:

A lista de produtos feitos a partir do coco não é pequena e inclui alguns itens bem comuns no dia a dia, como coco ralado e leite de coco.

Por outro lado, há aqueles que ainda não ganharam fama, mas merecem atenção especial pelo seu valor nutricional. Este é o caso da farinha de coco, alimento obtido da casca e da polpa da fruta.

Cheia de fibra

Segundo a nutricionista funcional Gabriela Soares Maia, do Rio de Janeiro (RJ), “é possível encontrar aproximadamente 2,5 gramas de fibras a cada 10 gramas do farelo (o equivalente a uma colher de sopa), o que garante à farinha uma série de benefícios”. Um bom exemplo é o fim da constipação intestinal – sim, a conhecida prisão de ventre – já que as fibras favorecem a formação do bolo fecal e estimulam o trânsito na região.

A presença desses compostos também é responsável por diminuir a absorção das gorduras consumidas, resultando, assim, na redução das taxas de colesterol – principalmente o LDL, o colesterol “ruim”. E não para por aí: as fibras alimentares ainda fazem os níveis glicêmicos despencarem e, por isso, auxiliam no controle e na prevenção do diabetes.

Parceira no emagrecimento

Se o desejo é enxugar alguns quilinhos a farinha de coco pode ser uma boa aliada na empreitada. “Ela auxilia na perda de peso devido à boa quantidade de fibras, que promovem maior sensação de saciedade”, informa Fernanda Granja, nutricionista clínica especializada em nutrição funcional, nutrição pediátrica e fisiologia do exercício, de São Paulo (SP).

Além das poderosas fibras, o farelo contém boas doses de TCM (triglicerídeos de cadeia média), substâncias que não são armazenadas na forma de gordura, fator que “obriga” o organismo a utilizar o depósito acumulado como fonte de energia.

“Por isso são muito indicados para atletas ou pessoas que desejam reduzir a gordura corporal”, completa a nutricionista da capital paulista.

Livre de glúten

Presente no trigo, na aveia, na cevada e no malte, o glúten é uma proteína que não pode fazer parte da dieta de quem apresenta doença celíaca, pois causa nessas pessoas uma série de sintomas desagradáveis (diarreia é um deles). A boa notícia é que a farinha de coco não tem esse componente e, portanto, está liberada para entrar no cardápio dos celíacos.

“Muitas vezes as receitas de pães e biscoitos não ficam tão saborosas e macias por causa da ausência da farinha de trigo. A farinha de coco é uma alternativa para melhorar essas características”, comenta a nutricionista do Rio de Janeiro.

Fruta x farinha

De acordo com Eliane Tagliari, nutricionista funcional, fitoterapeuta e diretora da clínica Nutribioforma, de Curitiba (PR), deve-se consumir tanto o coco in natura quanto sua farinha, já que ambos oferecem benefícios. A fruta, vale citar, tem maior quantidade de gorduras de cadeia média (consideradas boas), menor teor de fibras e várias vitaminas e minerais. Por outro lado, a farinha tem pouca gordura e é uma excelente fonte de fibras.

“O farelo é mais versátil, podendo ser utilizado em diversos pratos. E seu prazo de validade é maior”, observa Gabriela. Segundo ela, ingerir uma colher de sopa por dia já é o suficiente para beneficiar a saúde.

Se não imagina como aproveitar o alimento, anote aí: ele pode ser consumido com fruta e iogurte, batido com um suco ou incorporado a receitas de pães e bolos, molhos de salada e granola.

“Além de ser saudável, dá um sabor especial às preparações”, garante a nutricionista.

Quer experimentar? Pelo menos duas opções de marca são vendidas em lojas de produtos naturais e alguns mercados. Confira duas receitas que levam farinha de coco. Bom apetite!

GRANOLA CROCANTE
Ingredientes
5 colheres (sopa) de farinha de coco
5 castanhas-do-pará picadas
10 amêndoas picadas
5 colheres (sopa) de flocos de quinua
5 colheres de farinha de linhaça dourada
Preparo
Misture todos os ingredientes. Coloque em um pote de vidro e guarde na geladeira. Use em frutas, para bater com sucos e com iogurte.

PÃO INTEGRAL DIFERENTE
Ingredientes
6 ovos
½ xícara (chá) de óleo de coco
2 colheres (sopa) de mel
½ colher (chá) de sal
¾ de xícara (chá) de farinha de coco
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1 colher de (sopa) de farinha de linhaça dourada
1 colher (chá) de fermento
Preparo
Preaqueça o forno a 180º C. Forre uma forma para pão com papel manteiga. Unte a forma. Misture a farinha de trigo com o fermento e reserve. Bata os ovos, o óleo, o mel e o sal até formar uma massa homogênea. Acrescente a farinha de coco e a de linhaça. Coloque a massa na forma e leve ao forno para assar por uma hora.

Fonte: Gabriela Soares Maia, nutricionista funcional do Rio de Janeiro (RJ)

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo