Minha Saúde

enhanced by Google
 

Pancada na cabeça

Compartilhar:

O traumatismo crânio-encefálico (TCE) é uma situação muito comum nas emergências. Os casos mais graves de pancada na cabeça normalmente decorrem de acidentes de trânsito e de agressões.

A complicação mais temida é a hemorragia intracraniana – sangramento dentro do cérebro ou no espaço entre a porção superior da caixa craniana e o cérebro. Em caso de pancadas fortes na cabeça o SAMU deve ser acionado imediatamente, e a vítima deve ser conduzida para avaliação hospitalar.

Como reconhecer:

Se você ou alguém que você conhece sentir alguns desses sintomas nas primeiras 48h após sofrer uma pancada na cabeça, procure imediatamente o serviço médico:

- dor de cabeça, principalmente se intensa, progressiva ou acompanhada de náusea e vômitos
- sonolência anormal ou excessiva
- irritabilidade ou instabilidade emocional
- desmaio, fraqueza ou diminuição de força nas pernas ou em metade do corpo
- formigamento
- dificuldade para falar ou entender o que é dito
- alteração da memória
- comportamento alterado
- confusão mental
- náuseas e vômitos
- convulsão
- diminuição da audição, da visão ou intolerância à luz
- movimentos estranhos nos olhos
- respiração alterada
- febre
- sangramento pelo nariz ou ouvido
- tamanho ou forma das pupilas diferentes

Como agir:

Chame socorro imediatamente. Em casos de acidentes ou quedas há possibilidade de lesão da coluna cervical, bem como de outros órgãos internos. Neste caso o melhor a fazer é não movimentar a vítima (para evitar o aumento de uma possível lesão, causando paraplegia ou tetraplegia) e telefonar para a emergência, procurando fornecer os dados solicitados pelo médico.

Todas as emergências
Ver de novo